CICLISMO

Teras uma longa viagem sobre duas rodas? Aprenda o que e como comer!

09/20/2018

Ah, as ferias! Talvez um dos momentos mais esperados do ano! O dia onde se encerram nossas obrigações e então temos todo o tempo para desfrutarmos do nosso lazer ou então programar uma longa viagem, pelo qual tanto esperamos!

Para os amantes das bicicletas, existem inúmeras opções de viagens sobre duas rodas, por diferentes territórios. Entretanto, é preciso preparar esta jornada, principalmente com relação a sua alimentação.

Seja qual for o tempo de sua viagem, seu organismo tende a sentir fome em momentos inusitados, principalmente devido ao esforço físico que a bicicleta proporciona.

O viajante deverá sempre optar por alimentos saudáveis, com a capacidade de manter uma saciedade maior por um longo prazo e garantir a energia necessária nas pedaladas.

Os famosos salgados empacotados, sucos com açúcar , refrigerantes e fast foods no geral devem ser mantidos longes em longas viagens. Tudo se deve ao fato de que estes alimentos são os responsáveis por causar indisposições e diferentes tipos de intoxicação alimentar.

Sua preparação deve ter início alguns dias antes de sua viagem. Busque por refeições mais leves, evitando assim o consumo de alimentos muito calóricos e com índice alto de gordura. Essa mesma precaução deve perdurar durante toda a viagem, para que você não sofra de uma congestão inapropriada.

Caso sua viagem tenha algumas paradas, busque se alimentar quando chegar ao próximo destino. Entretanto, a prevenção é um dos fatores principais para os amantes do ciclismo: Leve consigo muita água, barras de cereais, castanhas, algum tipo de biscoito integral com sal e frutas secas. Nao se esqueca que o sol e diferenças no clima podem oxidar frutas frescas e derivados do leite, por exemplo.

Tenha sempre com você uma mochila, preferencialmente térmica, com todos este tipos de alimentos citados anteriormente é um bocadinho de sal, em caso de você ou algum companheiro tiver uma queda de pressão.

Um item de extrema importância que muitas pessoas se esquecem, para emergência, são pastilhas purificadoras de agua. Caso sua viagem seja muito longa, principalmente se for ao meio da natureza é num ambiente muito quente, essas pastilhas podem ser muito úteis em caso de faltar água potável.

Se ainda sobrar algum espaço na mochila, leve também água de coco, pois se trata de uma rica fonte de vitaminas. Além do sabor, a água de coco proporciona ao organismo poucas calorias, pouco sódio, mas muito potássio e carboidratos que são rapidamente absorvidos como açúcar e eletrólitos.

Ao parar em alguma lanchonete ou restaurante, procure sempre as versões mais leves de comidas rápidas, como por exemplo: sanduíches naturais, sem maionese, embutidos com gorduras e queijos amarelos, pães integrais, vitaminas de frutas e saladas ou então carne grelhadas sem óleo algum ou temperos fortes.

Um fato que devemos salientar é o de jamais comer com sua bicicleta andando. Use o tempo das pequenas pausas para realizar seus alongamentos, cuidar da alimentação e hidratação é buscar o equilíbrio do corpo e da mente.  

Obviamente, todas estas dicas não detém uma variedade grande de alimentos, tampouco são os mais saborosos, mas são essenciais para a sua tão esperada viagem.

Pois bem, se prepare e realize uma ótima viagem, aproveitando todo o tempo possível para desfrutar de belíssimas paisagens.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *